×

Aprenda como negociar no mercado Forex Negociação com criptomoeda Moedas de Negociação Curso para iniciantes Free Forex Trading O que são Forex Pips, alavancagem, margem e lotes? Conhecendo os pares de moedas e seus diferentes aspectos Resumo sobre a análise fundamental e a análise técnica O uso da análise técnica do Forex A importância da análise fundamental no Forex Ė necessário usar a psicologia para ser um trader de sucesso! Encontrando o melhor corretor do Forex online Aviso Legal Ganhar dinheiro com Forex Análise de risco forex e dicas de gerenciamento Sobre nós Como investir em ações Search

Antes de você iniciar qualquer negociação no Forex é necessário ter um conhecimento considerável sobre as moedas em uso. Há uma lista grande para estudar, mas você pode começar com os quatro pares de moeda mais populares e líquidos e que são conhecidos como “os principais”. Eles são: o “euro” (EUR / USD), o “gopher” (USD / JPY), o “cabo” (GBP / USD) e o “swissie” (USD / CHF). A classificação e categorização de moedas em diferentes grupos pode ocorrer de várias maneiras a depender dos critérios escolhidos. Geralmente, as políticas dos bancos centrais, a posição da conta corrente do país (o valor excedente ou deficitário) e as taxas de juros são os principais valores utilizados.

Exemplos de categorização:

Moedas de Reserva

Você encontrará reserva, ou moeda âncora, em quantidades significativas na reserva cambial de qualquer país. O dólar americano, o euro, o iene japonês e o franco suíço são quatro dos mais dominantes na economia global.

Se você considerar o iene japonês, verá que ele vem diminuindo de valor desde os anos 90, enquanto o euro cresceu continuamente desde o seu lançamento. O USD, no entanto, permaneceu constante como uma das principais moedas em todo o mundo e detém a maior prevalência em alocações de moedas do banco central. O dólar detém cerca de dois terços da reserva mundial do Forex, tornando-se a principal moeda de reserva do mundo.

Existe uma “regra de ouro” utilizada pela maioria dos negociadores. Desse modo, quando os países estão passando por um período de problemas econômicos, as moedas de reserva, como um grupo, tendem a se valorizar. O oposto também ocorre, como em um período de boom econômico que a moeda de reserva tende a desvalorizar. Como acontece com qualquer “regra de ouro”, é uma generalização, pois muitas variações afetarão o comportamento das moedas mundiais. É importante notar que, em um período de crescimento econômico robusto, pode-se observar um aumento na oferta de moedas de reserva.

Moedas de commodities

Certos países têm abundantes recursos naturais que podem comercializar, dentre eles, podemos citar o Brasil, a África do Sul, a Austrália, a Rússia e também o Canadá. As moedas de commodities são as unidades monetárias desses países, isto é, o real brasileiro, o dólar australiano ou canadense, o rublo russo e o rand sul-africano. A venda desses recursos naturais é a principal exportação para esses países e, como tal, a força da economia do país pode depender de seu comércio. Essa dependência pode criar um grau de diversidade em relação à balança comercial ou à sofisticação econômica, como muitos estão entre os países em desenvolvimento. Forex trading em moedas de commodities é muito dependente da resiliência do mercado global de commodities.

Moedas de alto risco

Como o nome sugere, essas moedas podem mudar com frequência, já que são moedas de países com altos déficits orçamentários ou comerciais, e a maioria também tem uma dívida significativa em USD. Essas moedas apreciam quando a economia está crescendo, à medida que recebem capital dos países desenvolvidos para aumentar seus ativos. Quando há uma depressão econômica, as moedas começam a se desvalorizar, à medida que o capital global se retira de ativos de risco. Moedas como o Lew romeno, o rial iraniano ou a lira turca estão entre este grupo.

Conclusão

Um negociador no Forex precisa ser capaz de avaliar globalmente os dados disponíveis e, mesmo que as explicações fornecidas sejam simplesmente teóricas, elas contêm conceitos básicos que todo trader deve saber. Todo negociador precisa estabelecer uma estratégia que seja simples e disciplinada e que lhe permita utilizar as informações disponíveis para obter lucro. Na próxima parte do curso, a análise do Forex será discutida e será explicado como dar sentido à informação coletada quando esta se mostra altamente variável e complexa. Além disso, serão discutidos temas como: ferramentas úteis para ajudar a gerar sinais de negociação; pares de moedas e dicas importantes sobre sua negociação.

previous next

Mais do curso gratuito de Forex para iniciantes

Parte 1: Lendo uma cotação de moeda
Parte 2: O que são Forex Pips, Alavancagem, Lotes e Margem?
Parte 3: Conhecendo os pares de moedas e seus diferentes aspectos
Parte 4: Resumo sobre a análise fundamental e a análise técnica
Parte 5: O uso da análise técnica do Forex
Parte 6: A importância da análise fundamental para o Forex
Parte 7: Ė necessário usar a psicologia para ser um trader de sucesso!
Parte 8: Encontrando o melhor corretor do Forex online
Parte 9: Aviso Legal