Uma aula de linguagens do Forex – por que você precisa conhecer as expressões utilizadas

Author: Mafalda


Já estamos em 2019 e você, como está iniciando esse ano? Já cumprindo as promessas de Ano Novo? Este é o momento que elas tendem a fracassar porque a maioria das pessoas pensam que tem um ano inteiro para resolvê-las. Mas se uma de suas promessas foi a de explorar o cenário intrigante da negociação FX, quanto mais cedo você colocá-la em prática, melhor.

É uma grande oportunidade negociar nesta atividade de trilhões de dólares, já que é o maior e mais líquido mercado do mundo. Mas é importante estudar um pouco e o mínimo esperado de um novo trader é que ele domine a linguagem utilizada no mundo das negociações.

Você fala a língua?

Se você visitar outro país que não fala sua língua materna, muitas vezes tentará aprender algumas palavras através de um curso ou de um livro de frases. O mesmo acontece no mercado Forex. A realização de um curso para iniciantes é uma das melhores formas para aprender a se comunicar no mundo dos traders.

Linguagem de negociação

Existem diferentes pontos de vista entre os intelectuais em relação à linguagem técnica e ao jargão; mas entendemos que ambos têm valor em qualquer profissão. Seja o que for que você queira chamar, a linguagem técnica é uma maneira de se comunicar dentro de um campo que ajuda a fornecer coesão e força. Às vezes começa como um código, com o objetivo de manter algo privado, e depois se transforma em negócios cotidianos.

A linguagem de negociação Forex é internacional. Por exemplo, o significado do termo “liquid market” é o mesmo, não importa se você está negociando no Chile ou em Portugal. Esse termo significa que uma negociação pode ser executada rapidamente por um preço razoável, devido ao grande número de compradores e vendedores. Como todos os outros jargões, ele tem várias definições, podendo variar um pouco, mas, no geral, quando falado ou lido, o sentido é compreendido.

Para se tornar um competente profissional do FX, você precisa se familiarizar com as expressões e terminologias utilizadas. Aprender é parte do processo de ganhar experiência.

Tornando-se mais letrado em Forex

Basta ler qualquer artigo do Forex para chegar a conclusão de que é necessário a ajuda de um dicionário ou dos mecanismos de busca atuais. Eles permitem que você desvende a terminologia para ter noção do que você está lendo. Isto é essencial se você quiser identificar em quais pares de moeda operar.

Você sabe o que são pares de moedas? Se não, não se preocupe pois logo mais você entenderá. No Forex, a negociação é sempre feita em pares das moedas. Os quatro a oito pares superiores costumam ser chamados de majors e os próprios pares de moedas têm seus próprios nomes. Logo abaixo você verá como os pares são apresentados e chamados.

  • EUR / USD – “euro”
  • USD / JPY – “gopher”
  • GPB / USD – “cabo”
  • USD / CHF – “swissie”
  • AUD / USD – “aussie”
  • NZD / USD – “kiwi”

Introdução rápida da linguagem utilizada no Forex

Você sabe que tipo de profissional você quer ser?

Um Scalper – é um tipo de trader que detém uma posição por curtos períodos; levando minutos ou até segundos para processar uma negociação. Na tentativa de obter lucro, eles compram rapidamente e revendem imediatamente a um preço mais alto.

Day Traders – estes traders tomam uma decisão sobre o que fazer no início do dia, sem intenção de manter o negócio durante a noite. Eles podem terminar o dia com um lucro ou perda, dependendo de suas habilidades para entender a análise do mercado de câmbio.

Swing Traders – esses traders tendem a manter seus negócios por alguns dias, principalmente porque não podem acompanhar os gráficos para análise durante o dia. Uma análise aprofundada é conduzida em um período de tempo adequado, como uma noite, para basear suas decisões de mercado.

Position Traders – traders que sabem que os eventos mundiais fundamentais terão uma influência em seus negócios. Eles vão manter seus negócios por semanas, meses ou até anos.

Você entende a análise?

A análise fundamental ou técnica deve ser explorada em profundidade, juntamente com a linguagem específica que está associada a cada uma delas.

Análise fundamental – fatores políticos, sociais e econômicos são levados em consideração e como eles afetam a oferta e a demanda de uma moeda.

Análise técnica – estuda o movimento de preços, geralmente pelo uso de gráficos como auxílio visual e dados históricos.

Conclusão

É seguro dizer que um “livro de frases” não é suficiente para você se tornar um profissional eficiente. Um curso para iniciantes é o caminho a seguir para aprender o vocabulário necessário para entrar no mercado. Estratégias de leitura, pesquisa e testes são os passos a seguir para se tornar proficiente. Uma conta de demonstração em qualquer plataforma FX é uma excelente maneira de fazer isso. A negociação no FX não é uma brincadeira; é um negócio profissional, onde você precisa trabalhar com seriedade para realizar os investimentos almejados. Utilizar parte de seu tempo para entender a linguagem do mercado fará com que seus primeiros investimentos tenham muito mais chance de sucesso.


Mafalda

Mafalda

I am interested in most things related to trading.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *